sábado, 6 de julho de 2013


treinando para ser chuva

ninguém ouve
o barulho de chuva
que (só) ele tem.

20 comentários:

  1. Limerique

    Não se parece com barulho de trem
    Tampouco com algo ruidoso também
    Mas pingos molhados
    Tocando os telhados
    Anunciam a chuva que cantando vem.

    ResponderExcluir
  2. Coma unha especie de aroma secreto, unha aureola invisible, unha música silenciosa que... unha esencia característica que cada persoa despide. Algúns o saben, algúns o notan, e ninguén o di. Pero non todos saben escoitar ese rumor especial. Non todo o mundo sabe escoitar o susurro da chuvia...

    ResponderExcluir
  3. É mesmo, ouço o som da chuva no telhado, bom prá dormir. Em cada lugar que o pingo cair o som é diferente. Se o telhado for de zinco? São mil sons variados: nas folhas, nas águas do rio, nas pedras, na areia... Em cada canto o som se diversifica, numa verdadeira sinfonia liquida.

    ResponderExcluir
  4. Acho que acordei com o barulho da chuva que fez por aqui...
    aliás,
    foi uma bela tempestade... Fiquei acordado na madrugada, pois fiquei com um pouco de medo da tormenta.
    Quando acordei não lembrava se havia sido real ou se fora apenas um sonho... Tudo indica que ambos,
    está molhado lá fora.
    Abraço,
    boa semana.

    ResponderExcluir
  5. O barulho da chuva me traz uma boa alegria nostálgica.
    Adorei o título!

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Que poema mais lindo!
    Passei para conhecer teu blog, mas acho que vou ficar por aqui para ler mais um pouco!

    Escreves bem!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Um barulho que cuida...
    Só faz bem.

    bjo de luz
    L.L.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Só é muito para a chuva

    beijo Santa

    ResponderExcluir
  10. O barulho da chuva é reconfortante, mas o que mais gosto é o cheiro da terra molhada quando chega a chuva. É algo extremamente nostálgico.

    ResponderExcluir
  11. Não suma!




    bruna-morgan.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Tem gente que faz mais do que chover, transborda!
    tem texto novo lá no meu cantinho, e a casa é sempre sua.

    http://venenosemacas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ninguém... mesmo que se tente dizê-lo, talvez, principalmente quando se tente dizê-lo... Imaginar é um esforço pra se chegar no barulho que ouve o outro, mesmo que não nós carregue um centímetro para mais próximo do outro.
    Abraço.

    ResponderExcluir