quarta-feira, 14 de janeiro de 2015


não me importam
os batimentos
dos ponteiros:
os que me dizem
a hora
são os de dentro
do peito.

7 comentários:

  1. Esses são batimentos que não erram nunca... a voz do coração! Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Vezenquando paraliso: não sei se o coração perde a hora ou a razão. Alguma coisa ali está fora do lugar...

    Como sempre, encontrei uma boa leitura por aqui.
    Forte Abraço!

    ResponderExcluir
  3. É isso que realmente importa.
    Lindo!

    bjo e linda semana!
    =)

    ResponderExcluir
  4. Gostei. Diz muito com poucas palavras.

    ResponderExcluir