sexta-feira, 7 de março de 2014


no pôr do só
a poesia
se põe

13 comentários:

  1. Simplicidade e pureza são as percepções que tenho ao fim de cada poema teu, mas que não deixam de ser profundos e cheios de intensidade para resignificar a alma.

    ResponderExcluir
  2. Renasce quando a alma está compartilhada. Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Levei vc pra la outra vez: http://cronisias.blogspot.com.br/2014/03/blog-post_13.html

    ResponderExcluir
  4. Como não amar tuas poesias? ♥

    ResponderExcluir
  5. Não é preciso muito para falar de poesia...
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  6. Só e poesia, palavras que combinam perfeitamente...assim elas juntas ficam. Com poucas palavras disseste muito!

    Beijo e uma boa noite.
    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Você costumava seguir meu blog. Estou apenas passando para avisar que a partir de hoje utilizarei um novo endereço: http://gicoppola.blogspot.com.br
    Já estou seguindo você por aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. No pôr da poesia
    quem se põe
    é o poeta.

    excelente inspiração!

    ResponderExcluir