quarta-feira, 4 de setembro de 2013

pequeno poema de uma distância

ahora
entre nosotros
nuestros ojos tienen
una distancia de galaxias.

11 comentários:

  1. Limerique

    Gestos em geral são coisas arbitrárias
    E olhos podem ter visões contrárias
    Penso que estás olhando
    Mas só até quando
    Vejo entre nós distâncias planetárias.

    ResponderExcluir
  2. Olhos que não tem uma mesma visão acabam se distanciando.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Quem sabe não seja esse momento
    apenas um momento, nada mais!..

    =)
    bjo de luz

    ResponderExcluir
  4. É difícil eu (ter tempo pra) navegar pelos blogs que sigo, mas coincidências são habituais. Pois hoje mesmo publiquei um poema concebido ao longo da semana que aborda esse lado da distância.

    http://www.poemirim.org/2013/09/cxix-do-que-sinto.html

    Gosto do seu blog. Abraços. :)

    ResponderExcluir
  5. Poucas palavras e tanta coisa!
    http://bomdiaparanoia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que se pensam e se olham a todo momento.

    ResponderExcluir
  7. Estar distante quando está perto. Pior tipo.

    Refleti.

    Beijo, flor.

    ResponderExcluir
  8. Quem delimita a distância é o coração.

    Flores.

    ResponderExcluir